Atualmente, a Paróquia São Pedro Apóstolo de Ivoti abrange três municípios: Ivoti, Lindolfo Collor e Presidente Lucena. Na sua origem (04/11/1867), a então Freguesia de São Pedro de Bom Jardim era constituída de uma área bem maior: ao norte, ia até a divisa da atual paróquia de Joaneta (Picada Café); e, ao sul, sua área incorporava a atual paróquia de Estância Velha. Foi nas décadas iniciais do século XX que essas duas paróquias se desmembraram da então paróquia de São Pedro de Bom Jardim (Ivoti). Configurou-se assim (aproximadamente) a área geográfica atual.

Endereço: Avenida Presidente Lucena, 3637 – Centro

CEP: 93900-000 - Ivoti RS

Telefone(s): 51 3563-6045 ou 51 99658-7368

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Horário de atendimento da secretaria: De segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h. Sábados das 8h às 11h30.

Padres da Paróquia São Pedro Apóstolo

Pároco: Pe. Jacó André Wuaden

Vigários:  Pe. Paulo Justino Bervian

 

Igreja Velha

A comunidade católica de Bom Jardim – hoje Ivoti – foi oficialmente fundada por 31 pessoas, em 07/12/1834. Todavia, mesmo antes disso, os cultos já eram realizados numa modesta capela de madeira e, mais tarde, numa segunda capela de madeira, que, em 1847, foi substituída pela primeira capela de alvenaria. Pouco tempo depois, também esta foi demolida, dando lugar a uma nova que, ainda hoje, constitui a parte central da “Igreja Velha”, inaugurada em 29/06/1857. 

Com a criação da paróquia em 04/11/1867, a nova capela transformou-se em Igreja Matriz que, a partir de 1889, sofreu mudanças e ampliações: além da construção da torre, foi ampliada a nave no tamanho de duas janelas e foram abertas duas portas laterais, surgindo assim o majestoso templo que, por décadas, foi o orgulho comunidade. 

Em 19/11/1924, a Igreja foi quase totalmente destruída por um incêndio, salvando-se as paredes e a torre. A sua reconstrução foi concluída em 15/11/1925.

Em 1961, o Arcebispo Metropolitano sugeriu a ampliação da igreja, idéia posteriormente substituída pela construção de uma nova. Com a transferência definitiva do culto para a igreja atual em 29/03/1969, a “Igreja Velha” foi adaptada para escola, servindo, para esse fim, até 1973. A partir de então, foi utilizada para catequese e eventos diversos, até cair no abandono. 

Já deteriorada pela ação do tempo e de vândalos, a “Igreja Velha” foi declarada patrimônio histórico pela Subsecretaria de Cultura do Estado. Entretanto, dias depois, ao redor da meia-noite de 16/09/1986, o prédio sofreu novo incêndio, sendo a ruína abandonada nos anos posteriores.

Com o passar do tempo, surgiu um movimento para a restauração do prédio, coordenado, a partir do ano 2000, pela ADECI (Associação de Desenvolvimento Cultural de Ivoti). No entanto, o primeiro socorro somente veio em 2004, por parte da Administração Municipal. Além de uma operação “limpeza”, foi reforçada a parte superior das paredes, sobre as quais foi erguido um novo telhado com estrutura de ferro.

Depois disso, apesar de seu estado ainda precário, o prédio já foi palco de alguns eventos histórico-culturais, sobretudo para motivar a comunidade para a sua restauração. Atualmente, novo impulso nesse sentido está sendo encabeçado pela diretoria da comunidade, assessorada pela empresa cultural “Valorize”. 

 

Igreja atual

A primeira missa, no prédio da atual igreja matriz, aconteceu no dia 03 de março de 1968, com o telhado pronto, amplo espaço e boa ventilação. No dia 24 de novembro do mesmo ano, já pode ser celebrada a primeira eucaristia de 36 crianças no mesmo local. A partir de fevereiro de 1969, foram rebocadas as paredes e colocado um novo contrapiso. Semanas depois, no dia 29 de março, sábado, foi transladado o Santíssimo para a igreja nova. A partir de então, todas as celebrações passaram a ser na nova matriz. Entretanto, a grande festa popular da inauguração oficial, iniciada por missa solene e bênção do novo templo, com presença maciça da comunidade, somente aconteceu no dia 11 de novembro de 1973. A celebração litúrgica foi presidida pelo Arcebispo Dom Vicente Scherer e concelebrada pelo Pároco Pe. Luís Jacobi e pelo Pe. Balduíno Kipper S. J.

A partir de março de 2014, iniciou-se um processo de reformas arquitetônicas da atual igreja matriz. Entre os aperfeiçoamentos, destaca-se a reformulação das paredes laterais, com a colocação de lindos e sugestivos vitrais no lado direito – todos ilustrados com passagens da vida de São Pedro Apóstolo – e a reestruturação do lado esquerdo, com dois novos confessionários (espaços para direção espiritual) e banheiros, tornando todo o templo mais bonito e mais funcional. Foram feitas significativas reformas na fachada frontal e colocação de um mosaico com a imagem do padroeiro São Pedro. Também foi feita a pintura interna com motivos litúrgicos e colocado forro novo no teto. O sistema de som foi renovado, foi colocado telão para projeções e remodelada a sacristia. A via-sacra foi restaurada e o presbitério recebeu novos objetos e a linda pintura do Cristo Pantocrátor. O novo altar teve sua dedicação feita pelo nosso bispo Dom Zeno Hastenteufel, no dia 4 de novembro de 2017. As obras de reforma foram concluídas em novembro de 2017, mês do sesquicentenário de fundação da paróquia.

 

Padroeiro São Pedro Apóstolo

Simão era um homem simples e de pouca instrução. Dedicava-se à pesca quando recebeu o chamado para seguir a Jesus: "Caminhando ao longo do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão (chamado Pedro) e André seu irmão, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. E disse-lhes: 'Vinde a mim e vos farei pescadores de homens'.". (Mt 4, 18-19)

Pedro possuía um coração generoso e repleto de bondade. Ele foi chamado de Pedro por Cristo e escolhido para ser o primeiro papa da Igreja: "Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus; tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus". (Mt 16, 18-19)

São Pedro é modelo de vida para nós, pelo seu seguimento aos ensinamentos de Jesus e seu testemunho de fé. Ele é nosso intercessor junto a Deus.

 

 

 

 

 
 
 
 
 

Horários de Missa

Horários de Missa na Matriz:

Segunda-feira - 18h

Terça-feira - 19h

Quarta-feira - 19h

Quinta-feira - 6h

Sexta-feira - 15h

Sábado - 18h

Domingo - 8h e 18h

Todos os horários de Missa

 
 
 
 

Próximos Eventos

Nenhum evento encontrado